Cabify anuncia saída do Brasil por causa da pandemia e crise econômica

O aplicativo de transporte Cabify informou nesta sexta-feira, 23, que deixará de operar no Brasil a partir de 14 de junho. Em nota, a startup espanhola justificou a saída do país pela pandemia do novo coronavírus e crise financeira. “O mercado brasileiro ainda é muito afetado pela grave situação sanitária do país e pela crise sócio-econômica local causada pela Covid. Este contexto dificulta a criação de valor e tem levado a empresa a parar sua operação no Brasil”, informou a empresa, que atua no mercado brasileiro desde 2016. A concorrente da Uber e 99 manterá suas operações na Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru e Uruguai, além da Espanha. “Todas as cidades da América Latina e da Espanha onde Cabify está presente mostram bons índices de recuperação em comparação com o nível de atividade anterior à pandemia e, em média, a demanda global de viagens da Cabify se recuperou em 75% até o final de 2020. Além disso, em alguns mercados, 100% da demanda foi reativada durante os primeiros meses de 2021.”A Cabify também informou que já notificou clientes e motoristas da decisão de sair do país, e que “continuará atenta às necessidades e oportunidades futuras de mobilidade neste mercado”.