Disputa eleitoral é a ‘menor preocupação’ dos empresários, diz Skaf após reunião com Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta terça-feira, 20, com empresários do grupo “Diálogos pelo Brasil”, liderado por Paulo Skaf. Segundo o presidente da Fiesp, o grupo representa acionistas das 50 maiores companhias privadas do país e a reunião trouxe esclarecimentos sobre temas relevantes para a retomada econômica, como o andamento da vacinação, combate à pandemia e preservação ambiental. “Reunião com conteúdo bastante rico, importante essa proximidade, esse entrosamento com o PIB brasileiro. Esse grupo são os maiores investidores,  maiores pagadores de impostos, maiores empregadores, são os que mais investem em inovação e tecnologia, então foi uma reunião bastante proveitosa nesse sentido”, disse em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, nesta quarta-feira, 21. Encontro também contou com a participação de 10 ministros do governo Bolsonaro. Para além da pandemia de Covid-19 e da crise econômica, ao ser questionado sobre a as movimentações políticas das eleições 2022, Paulo Skaf afirmou que a disputa eleitoral é a “menor preocupação nesse momento”, destacando que o desafio é “virar a página da pandemia”, possibilitando a volta das atividades e  permitindo novo crescimento do país.

“Temos que enfrentar, resolver a pandemia, a retomada do crescimento, voltar à normalidade, promover reformas e no ano que vem se fala em eleição, política. Esse ano é resolver o problema da pandemia e da economia”, disse. Ainda segundo o presidente da Fiesp, o desejo da classe empresarial, nesse momento, é retomar o equilíbrio no país. “O investidor quer é ter serenidade e enxergar para frente, isso vale para o pequeno, médio e grande. O empresário não está para entrar em clima eleitoral um ano antes”, disse. “Naturalmente, ninguém está para entrar na questão política, querem é que o Brasil se acerte e possa virar  página de coisas ruins.” Ainda considerando as preocupações dos empresários, Paulo Skaf reconheceu a importância sobre o meio ambiente, especialmente às vésperas da Cúpula do Clima, que começa nesta quinta-feira, 22, nos Estados Unidos. De acordo com o presidente da Fiesp, o ministro Ricardo Salles, presente da reunião com Bolsonaro, falou de forma rápida sobre o tema, o que levou o grupo a solicitar um novo encontro, previsto para acontecer de forma virtual às 11h desta quarta-feira. A reunião também contará com a presença da ministra Tereza Cristina.