Governo deve encerrar abril com 30 ativos concedidos à iniciativa privada

O leilão da BR-153 Tocantins-Goiás teve duas proponentes nesta quinta-feira, 29. O trecho federal de mais de 850km, que liga Tocantins, Maranhão, Pará e Amapá com o centro sul do país, foi concedido para o Consórcio Eco Rodovias pela proposta de outorga de R$ 320 milhões. Pelo projeto do edital serão instaladas nove praças de pedágio. A tarifa ficou em R$ 10 por cada 100 quilômetros, sendo a exploração válida por 35 anos. Segundo a secretária do programa de parcerias de investimentos, Martha Seiller, são R$ 14 milhões de investimentos entre manutenção, recuperação e ampliação da infraestrutura da rodovia e dos serviços prestados. “Vai atrair só de investimentos em infraestrutura R$ 7,8 bilhões mais os investimento em manutenção, chegando a R$ 14 bilhões. Imagina o que isso significa de geração de empregos nos Estados contemplados, Goiás e Tocantins”, comenta. O leilão da BR-153 faz parte da agenda de concessão do governo federal para a iniciativa privada. O mês de abril deve fechar com 30 ativos concedidos e cerca de R$ 60 bilhões de investimentos contratados, segundo o ministro de infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Nesta sexta-feira, 30, está programado o leilão da Cedae – companhia estadual de águas e esgotos do Rio de Janeiro. Segundo o ministro, o leilão está mantido e a decisão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que suspendeu o edital, não deve ter impacto. “A gente tem que entender que a titularidade do serviço de saneamento é local, então no final das contas, o governo do Estado do Rio funciona como um facilitar, não pode a Assembleia decidir sobre uma questão que é dos municípios. Tendo também que o leilão vai transcorrer normalmente, não vai afetar o apetite, o investidor está olhando no longo prazo. É uma coisa transformadora para o setor de saneamento básico”, disse. O investimento previsto na concessão da Cedae é de R$ 35 bilhões ao longo de 35 anos.

*Com informações da repórter Carolina Abelin