Governo escolhe Fausto de Andrade Ribeiro para substituir André Brandão na presidência do Banco do Brasil

Horas depois de André Brandão entregar o cargo no início noite desta quinta-feira, 18, o governo federal indiciou Fausto de Andrade Ribeiro para a presidência do Banco do Brasil. O nome de Ribeiro, que hoje ocupa o cargo de diretor-presidente da BB Administradora de Consórcios será submetido à análise do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade da estatal. Os rumores da queda de Brandão a mando de Bolsonaro tomaram força após o chefe do Executivo mostrar insatisfação com o anúncio do banco de fazer uma reorganização administrativa com redução de agências e demissão de 5 mil funcionários. O executivo entrou na presidência em setembro do ano passado, após a saída de Rubem Novaes. A renúncia terá afeito a partir de 1º de abril.

O novo indicado do governo Bolsonaro tem 52 anos, é formado em direito (Centro Universitário de Brasília) e administração de empresas (Universidade Católica de Brasília), com pós-graduação em economia (na Universidade George Washington, nos Estados Unidos) e MBA em finanças (no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais). Ele entrou no Banco do Brasil em 2000 e desde setembro do ano passado dirigia a subsidiária da estatal.