Ministério da Economia deve ter mais duas baixas consumadas nos próximos dias

Mais mudanças, pelo menos duas, devem ser consumadas no Ministério da Economia nos próximos dias. A pasta passou por reformulações ao longo dessa semana. A secretária especial do Programa da Parceria de Investimentos, Martha Seillier, está de malas prontas para, provavelmente, os Estados Unidos. Ela recebeu uma proposta para assumir um posto no Banco Interamericano de Desenvolvimento e já comunicou ao governo brasileiro sobre a negociação. Um substituto para assumir o PPI já estaria sendo buscado dentro do governo.

O PPI é responsável por ajudar em processos de privatização, concessão e parcerias público-privadas. Outra baixa ratificada é a da secretária adjunta especial de Comércio Exterior, Yana Dumaresq. Ela recebeu uma proposta da iniciativa privada e vai respirar novos ares. Nesta semana, houve muitas mudanças no Ministério da Economia — o que muitos chamaram de uma verdadeira dança das cadeiras. A principal delas foi a saída do secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, que vai ser substituído por Bruno Funchal. Até então, Funchal comandava a Secretaria do Tesouro Nacional. Para a vaga dele, assume o assessor especial Jeferson Bittencourt.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga