Os maiores sintomas e causas dos rins policísticos

Rins policísticos é uma condição em que os rins possuem inúmeras bolhas em volta, esses cistos são formados por líquidos, afirma o Dr. Marco Antonio Fortes mestre e doutor em urologia pela Universidade de São Paulo. Essa condição também provoca um aumento no tamanho dos rins, fazendo com que assim, a dinâmica de suas funções se transformem, dessa forma, por vezes há a perda gradativa da função renal.

A doença é hereditária e pode acometer homens e mulheres independente da idade, a enfermidade é de caráter autossômico, ou seja, as chances de adquirir essa doença se o progenitor tiver é de 50%. Além disso, há maior incidência nos casos (85%) para a mutação no gene PKD1 e PKD2 com 15% dos casos. Vale ressaltar que PKD é sigla para Polycistic Kidney Disease.

O aspecto dos rins quando acometidos é de cistos propriamente dito, esses cistos são imbuídos de líquido que se assemelham ao plasma sanguíneo, caracterizando cistos simples, ou quando apresentam um líquido semi sólido são considerados cistos complexos. São bolhas repletas desses líquidos as quais acometem os rins, afirma o Dr. Marco Antonio Fortes, autor do livro Urologia Minimamente Invasiva.

Como dito anteriormente, rins policísticos são de caráter hereditário, quando ocorre a doença há o aumento do tamanho dos rins e consequentemente há o entrave do bom funcionamento renal, visto que as dilatações assolam e substituem a parte sadia do órgão. Vale ressaltar a importância dos rins no funcionamento do corpo humano, pois são considerados reguladores e filtradores, regulam e eliminam o nível de diversas substâncias presentes no organismo e filtram o sangue.

Nos estágios iniciais da doença não há sintomas enfatizantes, porém com o desenvolvimento da enfermidade, há o surgimento de queixas acerca de dores nas costas, inchaços em algumas partes do corpo (edemas), náuseas, hematúria (sangue presente na urina), infecção na urina, proteinúria (urina com aspecto espumoso ocasionado pela perda progressiva de proteínas no líquido urinário), desregulagem na pressão arterial e cálculo renal são alguns indícios de que algo não vai bem, salienta o Dr. Marco Antonio Fortes, médico urologista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui