Saiba mais sobre o priapismo: uma ereção prolongada e dolorosa

O médico urologista Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é mestre e doutor na área, ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia/ Seccional RJ, sendo assim, é perito quando o assunto é urologia, dessa maneira, aborda, hoje, à nossa redação, o tema sobre priapismo, um distúrbio raro.

O priapismo é uma condição em que há uma ereção prolongada e persistente e que, por vezes, não há ao menos o estímulo sexual do órgão. Levando a durar até 4 horas ou mais. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes alerta que trata-se de uma urgência médica e que pode causar muita dor ao homem.

Um dos indícios é a diferença entre o corpo do penis e a região da glande, pois o corpo do penis encontra-se ereto, contudo, próximo à glande o órgão encontra-se amolecido. Além disso , o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes ressalta a dor que é descomunal.

As causas podem ser bem abrangentes, relacionadas às alterações na circulação do sangue, com o uso de fármacos que favoreçam a dilatação das veias e a circulação de sangue; estimulantes sexuais, ingestão de antidepressivos, anemia falciforme, entre outros.

Desse modo, Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes ressalta a importância de manter os exames em dia, assim como se consultar com um médico para sanar dúvidas. Vale ressaltar que em casos de ereção prolongada e dolorosa, após 4 horas ou mais, é necessário recorrer a um especialista imediatamente.

O tratamento é feito, geralmente, com o uso de compressas geladas, visando o alívio da dor e inchaço da região. Além disso, para diminuir a quantidade de sangue no órgão, também são utilizadas maneiras de removê-lo, utilizando uma agulha. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes complementa que o procedimento é feito após a aplicação de uma anestesia local.

O uso de remédios alfa-agonistas pode ser indicado, pois ocasionam no estreitamento das veias, impedindo que haja uma alta circulação de sangue na região, afirma o excelentíssimo Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. Sendo dessa maneira, uma das formas de realizar o tratamento: obstruindo uma veia, visando diminuir a circulação de sangue no penis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui